18 março 2017

Tudo Sobre o 1º Ocupa Mulherio em Jundiaí/SP


Fala galera, tudo certo? Eu espero muito que sim! Por aqui anda tudo bem, só o desespero batendo de tanta matéria para estudar hahaha.
O papo de hoje esta muito bacanaaa, juro esse post era para ter saído há semanas, mas é tanta correria que não consegui, aliás queria liberar ele junto com um videozinho muito especial, que ainda está sendo produzido, mas espero que ele saia em breve.


Hoje venho falar de um evento superbacana que rolou em Jundiaí no mês passado, o Ocupa Mulherio, o encontro foi idealizado pela Débora Santana com a intenção de ocupar a Ponte Torta (famosa na região), exaltando o empoderamento feminino e a quebra de desigualdades. O projeto me interessou demais e fiz questão de ir fotografar tudo e para vocês, afinal uma iniciativa que começa aqui, pode inspirar vocês em suas cidades.

Além da reunião dessas lindas mulheres no Ocupa, tivemos muitas expsições de arte, uma mais linda que a outra, e confesso que a intervenção artística da @ben.dia foi meu predileto. Mas também pudemos apreciar telas feitas de giz e tinta pela Purpou Ferreira,  artes em Canson com Esmalte da Camis Sol, artesanatos naturais produzidos pela Isabelle Nascimento, além das ilustras feias pela Gabriela Gomes. Juro vale a pena conhecer o trabalho de cada uma dessas mulheres lindas, e para saber mais sobre elas é só entrar no evento lá no facebook (CLICA AQUI)










E não tivemos só arte não, afinal que mulher não gosta de se cuidar? Pensando nisso também contamos com a participação da PRETAEU, expondo brincos e turbantes, a Gyal Arts Tattoo com exposição de desenhos para tatuagem, chockers com a Giovanna Vasconcellos e a Milena Basaglia que estava dando um jeitinho nas sobrancelhas das manas, com design e henna.





E claro que rolou muita música com Alice Rolezeira e Rudy Gyals Posse, além de música boa, o Coletivo Coisarada, que apoia a cultura aqui da região, foi responsável pelo Sarau das Minas, onde houve muita poesia, textos e até rimas, foi lindo demais ver essas meninas no microfone expressando seus pensamentos. Houve também uma roda conversas muito bacana, onde foram tratados de assuntos como emancipação feminina, violência contra a mulher e pressão estética, a roda foi apresentada pela meninas do Quem Calou Petronilha?, uma frente feminista de Jundiaí.






















Só tenho a agradecer por ter feito parte dessa ocupação, pois precisamos ocupar sim, ter voz, e lutar pelas mudanças que queremos em nossa sociedade, política e afins. E claro convidar vocês para as próximas edições do Ocupa Mulherio, o segundo encontro está previsto para abril, por isso fiquem atentas em meninas!

O que acharam dessa iniciativa? Eu simplesmente achei incrível! (;

Comente com o Facebook:

1 comentários:

  1. Parece que foi um dia super produtivo, gostei.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir