28 dezembro 2015

Para Ler: Quem é você Alasca?


Ho ho ho! Oi pessoal, tudo bom com vocês? Como passaram de Natal? Eu estou achando que depois desses dias estou precisando de uma bela dieta haha. Ah mas, meu Natal foi ótimo com muita família, comida e claro Jesus. O mais legal é que acabei participando da árvore de Natal da Camila Rech do blog Meninices da Vida (clica aqui para ver!). Quero saber o que ganharam de presente hein!
O post de hoje é de extrema importância porque provavelmente é a ultima resenha de livro do ano. Espero que em 2016 eu consiga bater minha meta de ler no minimo 10 livros viu, sim, não sou uma leitora árdua, preciso mudar de hábitos.
Mas agora chega de enrolação e vamos a resenha. Let's go!



RESENHA

Miles Halter tem o estranho hábito de decorar as últimas palavras de pessoas mortas. Ele se vê cansado de sua vida devidamente chata junto a sua antiga escola, seus pais e seus inexistentes amigos. Por esse motivo, ele decide ir para o internato Culver Creek onde seu pai havia frequentado durante sua juventude. Assim como François Rebelais, poeta e morto, ele está em busca de um Grande Talvez. Com novos amigos e apaixonado por Alasca Young, que por acaso ama muito seu namorado que de jeito nenhum é Miles Halter, ele parece estar no caminho certo. Mas será que realmente existe um grande talvez? Alasca o ajudará a encontra-lo, o levando em seu labirinto bastante sedutor. Porém, de forma dura ele irá descobrir que nem sempre é possível saber as últimas palavras de todo mundo.

Nota para o livro:
          



Confesso que o livro não se tornou o meu predileto de John, mas ele tem uma profundidade exorbitante e nos faz refletir o porquê da vida, uma pergunta que todo mundo se faz em algum momento. Por isso, é incrível como o Sr. Green nos leva a enxergar tudo de outra maneira, e como mudamos de opinião e atitudes durante a leitura, como abrimos os nossos olhos para enxergar o que realmente importa nessa grande novela chamada vida.

Além de tudo, é uma leitura gostosa e rápida que o livro proporciona, como acontece em todo livro e história boa, a gente acaba ficando ansioso para saber o desfecho dos personagens e como tudo vai acabar. E John Green acaba fugindo completamente do clichê de sempre, mais uma vez me surpreendi, já que por alguns comentários eu espera um final completamente diferente.



Agora me conta, já leu o livro? O que você achou? Já encontrou o seu Grande Talvez? E quais vocês querem que sejam suas últimas palavras?

Muitas perguntas que vocês podem me responder nos comentários,
vou adorar saber a opinião de vocês,
lembrando que qualquer um pode comentar viu! (;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

@laislumes

Quote

Quote

Playlist